estação de tratamento de esgoto

Saneamento básico é considerado um direito humano reconhecido pela ONU! O tratamento do esgoto é fundamental não somente por questões higiênicas, mas também porque ele é de importância sanitária, impossibilitando a transmissão de doenças, além de causar menos impactos ao Meio Ambiente. Mas você sabe onde e como ele é tratado?

O processo de tratamento é realizado pelas ETE’s (Estações de Tratamento de Esgoto), que são responsáveis pelo tratamento de esgotos de domicílios, comércios e indústrias, recebidos pelos canos de esgoto que atravessam as cidades.

Existem diferentes tipos de tratamento nas ETE’s para cada tipo de efluente, além de haver diferentes tecnologias de acordo com qual ano ela foi implantada.

Em geral, as ETE’s no meio urbano passam por processos parecidos, como:

  • Gradeamento:

Onde os resíduos sólidos de maior tamanho são retidos por meio de uma grade, como uma primeira filtração para facilitar a condução dos efluentes.

  • Desarenação:

Os efluentes passam por um tanque, onde as matérias de maior densidade (como areia e outros componentes) caem até o fundo do tanque, enquanto a matéria orgânica permanece na superfície.

  • Decantador primário:

Ocorre a mistura dos materiais orgânicos sólidos para serem sedimentados até atingirem forma de lodo.

  • Peneira rotativa:

O material sólido passa por uma espécie de peneira onde é filtrado para que o material líquido seja armazenado.

  • Aeração:

A matéria é servida de alimento para microorganismos que convertem os resíduos orgânicos em gás carbônico. Após isso novamente ocorre a separação e sedimentação do lodo formado.

  • Digestão Anaeróbica:

O lodo resultante é tratado quimicamente para eliminação de bactérias e quaisquer componentes prejudiciais, podendo ser reutilizado para adubo.

  • Condicionamento Químico:

O lodo passa por um processo de  coagulação e desidratação, onde logo após é prensado para retirar líquidos ainda restantes na matéria.

  • Secador térmico:

Após a prensa, a matéria passa por máquinas de alta temperatura, onde ocorre a evaporação e eliminação final de líquidos na matéria.

  • Tratamento da água 

Após a remoção dos poluentes, a água passa por um processo de remoção dos poluentes, e reutilizada para fins industriais ou agrícolas, pois em seu resultado final ainda não é um líquido potável (somente se após o tratamento, passar por filtros e um tratamento adequado da mesma).

Segundo um levantamento da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico) feito em 2021, do período de 2013 a 2019 a ANA identificou mais de 900 novas Estações de Tratamento de Esgoto!  

E aí, você já conhecia os processos de uma ETE? Já visitou alguma? Comente!