Os reservatórios que abastecem a cidade de Curitiba atingiram o nível médio de 68%. Com isso, a Sanepar decidiu flexibilizar o rodízio de água que já se prolonga há mais de um ano na capital paranaense. 

Agora, serão 60 horas com água para 36 horas sem água. Por questões logísticas, a cidade será dividida em quatro grupos, ou seja, enquanto 25% dos curitibanos ficam sem água, os outros 75% continuam com o abastecimento normalizado. A tabela especificando quais dias cada região terá ou não água ainda será revelada pela Sanepar. 

A flexibilização só foi possível pelo aumento do volume de chuvas nas últimas semanas. A colaboração da população em economizar no uso também refletiu positivamente no aumento do volume dos reservatórios. 

Fonte: Sanepar