Biomassa é a massa total encontrada em organismos vivos em uma área limitada. Na parte energética, a biomassa representa resíduos de organismos vivos usados para a geração de energia. 

Devido a grande produção agrícola, o Brasil utiliza em grande parte a biomassa sólida que tem como fonte resíduos da agricultura. A biomassa é considerada um recurso natural e renovável.

Vantagens

É pouco poluente atendendo as demandas sustentáveis atuais. Sua produção gera poucos poluentes quando comparada à utilização de fontes não renováveis de energia.

A biomassa sólida é extremamente viável e acessível. Com o volume de produção agrícola em solo barasileiro também é fácil encontrar recursos.

Possui baixo risco de produção e alto aproveitamento de matéria prima. 

Desvantagens

Gera desmatamento de grandes áreas para plantação, causando desequilíbrio ambiental. 

É mais difícil de ser transportada e armazenada.

A biomassa líquida pode causar chuvas ácidas.

Biomassa no Brasil

83% da matriz energética brasileira é formada de fontes renováveis para a produção de energia, enquanto a média mundial é de 25%. Além de mais sustentabilidade, isso também gera menos custos de operação para as usinas que escolhem a energia renovável. A biomassa representa 7% das fontes de energia usadas no Brasil. 

Fontes: Portal Energia, Dinâmica Ambiental.