A tarifa branca é uma forma diferente da convencional de pagar a tarifa de luz, é uma opção que reflete o uso de energia elétrica de acordo com o horário. Dessa forma, dá oportunidade para o consumidor de concentrar o uso em horas fora de ponta, assim economizando no final de mês. 

Nos dia úteis, a variação de preço tem três horários: 

Ponta18h00 às 21h00 
Intermediário17h00 às 18h00 e 21h00 às 22h00 
Fora de Ponta22h00 às 17h00

Intermediário e ponta são as faixas mais caras de energia, fora de ponta é a mais barata. Em feriados e finais de semana a faixa é sempre fora de ponta. 

Quem pode aderir? 

Desde 2020, qualquer unidade consumidora, exceto clientes inscritos na Tarifa Social (Baixa Renda) e iluminação pública.

Vale a pena? 

Considerando que na tarifa branca o consumidor é cobrado com base no horário de uso de energia, essa modalidade valerá a pena para aqueles que puderem centralizar o consumo nos horários fora de ponta. 

Se o consumidor trocar optar pela tarifa branca, mas limitar-se a usar energia nos horários de ponta, a mudança não fará sentido. A economia virá acompanhada de uma conscientização acerca dos horários .