Em 2021, a capacidade de energia eólica instalada no Brasil, chegou a 18 GW, ocupando a 3ª colocação em capacidade de produção de energia. Atualmente, existem, aproximadamente, 700 parques registrados, contando com mais de 8.300 aerogeradores. Mundialmente, a energia eólica é a sétima energia mais utilizada pela população. 

Apesar de possuir diversos benefícios, como qualquer outra energia, ela também conta com algumas desvantagens. Separamos os principais prós e contras da Energia Eólica. 

Prós:

Fonte inesgotável 

Diferentemente de muitas outras fontes de energia, a eólica depende apenas da circulação do ar. Ainda não existem estudos que provem o fim dos ventos, porém a sua força é variável durante os períodos do ano.

Renovável e Limpa, não emite gases de efeito estufa 

Considerada a energia mais limpa que existe, ela não emite nenhum poluente tanto para o ar quanto para o meio ambiente. Inclusive favorece a diminuição do efeito estufa. 

Custo-Benefício

Sem precisar de muitos equipamentos, a energia eólica gasta pouco e tem uma geração muito rápida. A média para a recuperação de todo o investimento inicial é de no máximo 6 meses. 

Contras:

Ecossistema

Apesar de não influenciar tanto na flora e fauna da região, a geração de energia eólica afeta a locomoção das aves nos locais de instalação. 

Poluição sonora e distância para moradores

Mesmo sendo a energia mais limpa do planeta, ela pode ser bastante barulhenta, podendo causar ruídos de até 43dB.

Por causa disso, é proibido se instalar a menos de 200 metros dos parques de geração de energia eólica. 

Ventos variáveis

A localização é um dos principais fatores para a energia eólica dar certo, e muitos lugares não são propícios para a instalação dos parques. Outro fator é a intermitência dos ventos, não é todo o dia que ele estará gerando força suficiente para a produção de energia.