Governo contrata estudo sobre a implantação sustentável de hidrelétricas

Data: 26/10/2016 - 13:09

hidrelétrica2 (1)
Da Agência Ambiente Energia – Apesar do grande potencial eólico e solar, os grandes empreendimentos hídricos não saíram dos planos do país mesmo com a recente negativa do Ibama ao licenciamento ambiental da mega usina São Luiz do Tapajós, no Pará.

Segundo informações, o Brasil utilizará recursos do Banco Mundial em um estudo sobre como construir hidrelétricas de uma maneira que favoreça o desenvolvimento e a sustentabilidade. O Ministério de Minas e Energia sinalizou que investirá cerca de 780 mil reais em um estudo com duração prevista de 270 dias sobre “implantação de usinas hidrelétricas estruturantes” e a elaboração de planos de “desenvolvimento regional sustentável”.

O MME afirmou que o estudo não tem como objetivo atender especificamente um projeto, como o de Tapajós, mas sim buscar melhores práticas para a implementação de hidrelétricas em geral, que não serão abandonadas pelo novo governo do presidente Michel Temer.

Atualmente, as usinas hídricas de grande porte respondem por cerca de 61% da capacidade de geração em operação no Brasil, enquanto hidrelétricas de pequeno porte representam outros 3%.

Fonte: Ambiente energia 26/10/2016