ELETRISA DESTACA COMPETÊNCIA, CONFIANÇA E DINAMISMO NA RELAÇÃO COM A VETORLOG

Data: 13/12/2016 - 18:01

noticia-01A Eletrisa Operadora de Usinas Ltda. é especializada na administração e na operação de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e Centrais de Geração Elétrica (CGHs). Com sede em Blumenau-SC, administra nove usinas em operação nos estados de Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Santa Catarina, somando gestão de 49,81 MW de potência. A empresa participa também do projeto de oito outras PCHs e CGHs, com mais 49,19 MW, e ainda do projeto de parques eólicos (370 MW), obras com início previsto para os próximos três anos.

É cliente antiga, a quem a Vetorlog presta serviços como agente de medição qualificado, junto ao SCDE da CCEE, além de controlar as estações telemétricas das usinas, que enviam os dados de pluviometria, vazão e nível do rio para a Agência Nacional de Águas (ANA), fornecendo os respectivos relatórios anuais de hidrologia.

Segundo Olinto Silveira, que controla a gestão administrativa da empresa, os serviços da Vetorlog possibilitam à Eletrisa maior segurança e confiabilidade no atendimento às exigências da ANA e da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). “Todas as operações são registradas no sistema, que emite os relatórios detalhados de acompanhamento, o Emeter. Por meio dessa tecnologia, a Vetorlog nos ajuda a acompanhar a evolução da geração e prevenir falhas de comunicação dos medidores e estações, de forma mais segura e eficaz. A equipe é bastante competente, atenciosa, rápida e, principalmente, focada em apresentar soluções e não em trazer problemas. A Eletrisa exige, além de fornecedores com preços competitivos, conhecimento técnico, cada vez mais apurado. Por isso, em nosso setor, precisamos de parceiros qualificados, que ofereçam tranquilidade para operar o sistema de forma confiável. Se ficássemos descobertos junto à Câmara Comercializadora de Energia Elétrica (CCEE), isso nos acarretaria multas. Até o momento, jamais tivemos problemas com a Vetorlog, o que representa

importante indicativo de sua qualificação e sucesso”. Olinto Silveira comenta, ainda, que os equívocos do governo na gestão do sistema elétrico tiveram peso decisivo no estabelecimento da atual crise político-econômica. Como consequência da ruptura dos marcos regulatórios e de outros descalabros na gestão desta infraestrutura, fundamental para o país, estabeleceu-se um cenário de descrédito, francamente desfavorável à necessária expansão do setor elétrico, pois os investidores – até pela presente recessão – estão bastante cautelosos, aguardando definições sobre a mudança do governo e da economia. “Mesmo assim, vemos possibilidades de expandir a atuação da Eletrisa com a Vetorlog na área de hidrologia. Certamente, quando acontecer, será

uma nova oportunidade de ampliar o relacionamento comercial em mais esta demanda”.

Olinto conta que a Eletrisa acredita que para manter uma relação longa e duradoura entre empresas parceiras é necessário identificar princípios comuns. “Encontrei na Vetorlog, além do preço competitivo, uma marca que partilha valores como qualidade, segurança em reduzir riscos e, principalmente, a tranquilidade de saber que estamos em boas mãos, sendo atendidos por especialistas”.

 

Fonte: Newsletter 001 Vetorlog 13/12/2016